Autor:
Categoria:

A história de Billy Idol, o principal punk rocker da Geração X

"Foi uma época incrível: havia tantas bandas tocando músicas diferentes - The Beatles, The Velvet Underground, The Rolling Stones". Graças a isso, começamos a perceber que mesmo que nossas habilidades musicais não fossem grandes, havia música que podíamos tocar! O Punk Rock com os Sex Pistols nos deu esperança...".

"Geração X", ou a incrível sorte de Billy Idol

O surgimento da MTV nos anos 80 fez de Londres um punk Billy Idol uma das estrelas dessa época! Inspirado nas atuações dos Sex Pistols, William Michael Albert Broad entrou na cena punk nascente dos anos 70 como guitarrista da banda Chelsea, antes de trocar seus óculos por lentes de contato, clareando seus cabelos e se tornando um ídolo para milhões.

Desde que deixou Chelsea, ele tem tido um sucesso considerável com Geração Xe depois construiu uma carreira solo de sucesso com sucessos tais como "Grito Rebelde" и "Casamento Branco Pt 1". No auge de sua fama, ele ficou viciado em substâncias e depois teve um acidente de motocicleta e quase perdeu a perna... Mas foi capaz de se recompor e se tornar um pai decente que valoriza os interesses de seus filhos.

"Confrontando duas gerações"

Billy Idol
Billy Idol

William nasceu em Middlesex, mas viveu com seus pais em Nova York por um tempo. Ele era rebelde desde a infância: estava sempre se envolvendo em aventuras, irritando os professores da escola e era muito popular entre as meninas. Ele poderia ter sido facilmente um jogador de futebol, mas a cena do rock era tudo para ele...

"Minha mãe era muito religiosa e a primeira coisa que eu fiz publicamente foi ler a Bíblia na igreja. Mas eu me revoltei contra tudo isso. Não me esforcei muito na escola e, eventualmente, entre 14 e 16 anos de idade, meu pai não falava comigo. Eu tinha cabelos muito compridos, e isso o irritava muito. Mas foi aí que eu realmente me interessei pela cena rochosa. Eu tinha todos os Beatles solteiros e meu amigo, que eu ia visitar o tempo todo, tinha todos os Rolling Stones solteiros.

Segundo o Idol, a cena musical deu a ele e a seus amigos "um sentimento de liberdade".:

"A cena rochosa era tão viva, ao contrário da vida real que nos rodeava. Meus pais não o entenderam. Eles cresceram na Depressão e na Segunda Guerra Mundial, e não podiam imaginar algo assim... Nós, por outro lado, crescemos vendo nossos ídolos saírem de suas casas, viajando pelo mundo, expandindo seus horizontes... Olhamos para o mundo de nossos pais, sem entender o que eles passaram. E eles nos olharam, não entendendo como poderíamos sonhar com algo assim.

"Punk rock deu esperança"

Billy Idol
Billy Idol

Em 1976, Billy decidiu que não iria mais à universidade. Ele pretendia se juntar a uma banda de punk rock, mas em seu estilo de marca registrada deu a seus pais outro motivo:

"É tudo sobre o fato de que as meninas que estudam lá usam sapatos sem saltos"!

Billy Idol
Billy Idol

Ele se tornou guitarrista Chelseamas quando criança, seu primeiro instrumento foram os tambores.

"Comecei a experimentar os tambores quando tinha cerca de sete anos de idade. Então percebi que John Lennon e Paul McCartney estavam à frente da curva: eles estavam escrevendo canções, tocando violão. Então comecei a aprender a tocar violão aos dez anos".

Por falar em seu as ambições dos adolescentes, enfatiza Idol:

"Foi uma época incrível: havia tantas bandas tocando músicas diferentes - The Beatles, The Velvet Underground, The Rolling Stones". Graças a isso, começamos a perceber que mesmo que nossas habilidades musicais não fossem grandes, havia música que podíamos tocar! O Punk Rock com os Sex Pistols nos deu esperança...".

"Geração X e a viagem solo

Billy Idol
Billy Idol

Transformado, Billy percebeu que agora era digno de assumir o papel de frontman. Ele também percebeu que queria sua própria banda de punk rock.

Geração X apareceu em novembro de 1976. Mas, infelizmente, não durou muito tempo. Houve uma boa relação entre William e Tony James no início, mas depois suas diferentes opiniões sobre o som levaram à partida do primeiro.

"Aí é que está, os grupos são bons quando todos vão na mesma direção, mas são terríveis quando vocês não se entendem"...

Felizmente, com seu carisma e sua voz, Billy conseguiu construir um carreira solo. Algumas de suas canções tornaram-se grandes sucessos em ambos os lados do Atlântico, e milhões de adolescentes queriam "branquear" seus cabelos e se tornar punk rockers legais como ele durante a noite.

"Em muitos aspectos, é sorte. Tive muita sorte, porque foi quando a MTV saiu. Graças a isso consegui vender milhões de cópias... Mas ser uma estrela é bastante estranho. Eu costumava ser capaz de andar pelas ruas, seguro, sabendo que somente os fãs de punk rock me reconheceriam. Mas no auge da minha fama, tive que ficar literalmente em casa, porque quando saí para a rua, o caos se instalou...".

Em conclusão

Billy Idol
Billy Idol

Olhando para trás, Idol não tem dúvidas por um momento: o punk rock lhe deu muito.

"Punk rock me deu uma chance, e sou grato ao destino por ter conseguido agarrá-la". Mas o que me deixa mais feliz é que eu nasci em um momento melhor. Nossa geração foi especial: fizemos música por amor. Ficamos fascinados por tudo isso, e queríamos nos aproximar daquela indústria. Nunca o fizemos por dinheiro ou fama, queríamos estar em um movimento musical que estava mudando as coisas, influenciando a sociedade, falando sobre questões da juventude. Queríamos credibilidade e a conseguimos. Temos nosso sonho...Inacreditável"!

O melhor álbum de Ken Hensley que os fãs do Uriah Heep não ouvem, mas lembrem-se de cor

Tudo sobre "Palavras Orgulhosas em uma Prateleira empoeirada": história da criação, trilhas, sucesso Não é raro que músicos que tocam em uma banda há muito tempo que queiram ir sozinhos. Alguns dos...

Os álbuns mais fortes do rock russo dos anos 90 de acordo com a revista Fuzz Music - Top 6

Os 6 álbuns mais legais de rock russo dos anos 90 de acordo com a Fuzz Music Nos anos 90, a música se encontrava no ponto de virada das eras. Eventos políticos importantes na história da...

Brooke Shields ficou desapontada - a quem George Michael realmente dedicou o "Sussurro Descuidado".

"Sussurro descuidado: O maior sucesso dos anos 80, a história de sua criação e a mente de George Michael O Sussurro Descuidado tocou o coração de milhões de ouvintes de todos os lugares...
Artigos relacionados

Luciano Pavarotti: a história do tenor lírico icônico da Itália

Biografia do cantor italiano Luciano Pavarotti: Infância, carreira, legado A Melodiosa Itália deu ao mundo sua linguagem mais musical e acrescentou muitas cores ao gênero de teatro musical de ópera. Apesar de...

O encantador Emmylou Harris é uma lenda da música country

Cantora country Emmylou Harris: Biografia, arte, discografia, prêmios A música folclórica e country é frequentemente deixada para trás da popularidade de outros gêneros de música, particularmente rock ou hip-hop....

Eles cantavam sobre algo que tocava a todos: «Combinação» - o grupo pop mais quente dos anos 90

Tudo sobre a banda Kombinatsiya: história da criação, concertos, contemporâneos Na virada dos anos 80 e 90, muitas coisas estão mudando no palco nativo. As canções austeras e comoventes foram substituídas por...

Mais do que colegas artistas: bandas icônicas que nunca mudaram de linha

Faixas de rock que nunca mudaram sua formação - lista, fotos e nomes, fatos interessantes A história da música conhece um grande número de bandas de rock. Esta forma de fazer música é atualmente...

Parte 2. «A vida na estrada»: o que Brian Johnson fez em sua velhice

Brian Johnson: carreira e fim da carreira, novos projetos Após o fim de sua carreira, os músicos de rock ou se aposentam e dedicam mais tempo a si mesmos, ou tentam buscar novas...

A mesma canção de «Guarda-costas»: o significado vai mais fundo

Tudo sobre a canção "I Will Always Love You": história da criação, performance, sucesso Acontece frequentemente que entre artistas que interpretam a mesma canção, mas em estilos diferentes,...

Valeriy Didyulya saiu sem música

A musa de Valeriy Didiuli: como a família do músico se separou Muitas vezes os casais de celebridades tentam não tornar públicas as discordâncias dentro da família. Mas, mais cedo ou mais tarde, as celebridades precisam...

O que eu diria é um rock 'n' roll chique de José Feliciano que vai animar qualquer um.

Músico José Feliciano - discografia do grande violonista, trabalho, prêmios Atualmente os músicos latino-americanos estão alcançando um novo nível: conquistam facilmente o palco mundial e adquirem...