Autor:
Categoria:

Como Roy Orbison escreveu 'Prety Woman' e outros '64 hits

As melhores músicas de 64 - The Beatles, Roy Orbison, Louis Armstrong e suas composições brilhantes...

Sucessos populares de 1964

Os anos 60 foram uma época muito interessante. Por um lado estavam nascendo novas estrelas, os Beatles e os Rolling Stones estavam começando seu caminho para o sucesso, e por outro, Elvis Presley e Louis Armstrong estavam no palco. O que era popular naquela época ocupada? Ambas, para dizer resumidamente. Mas não vamos ser breves...

As melhores músicas do ano

Não é particularmente surpreendente que, dos cinco maiores sucessos do ano, três deles foram dos The Beatles. A banda, formada apenas alguns anos antes, já estava se baseando na adulação do público em 64. O recorde de vendas ultrapassou um milhão de cópias.

Beatles For Sale (1964)
Beatles For Sale (1964)

O single "I Want to Hold Your Hand", gravado em novembro de 63, abre nossa lista. Quando a canção foi lançada no Reino Unido, ela já havia coletado um milhão de pré-encomendas. No exterior, nos Estados Unidos, havia inicialmente dúvidas se o registro ultramarino seria popular entre os americanos. Que tal imprimir 200 mil cópias? Isso não é um pouco demais? Mas após o lançamento da canção no rádio, ficou claro que a canção era um sucesso. A Capitol Records libera um milhão de cópias.

A canção em si é dividida como se estivesse em duas partes. O primeiro é intenso e vibrante, fluindo lentamente para o segundo, suave e satisfatório.

A próxima faixa da banda ganhou um lugar na lista da revista Rolling Stone das 500 Maiores Canções de Todos os Tempos. Eis como o baterista Ringo Starr fala sobre a aparência da canção:

Uma vez, depois de termos trabalhado dia e noite, pensei que ainda era dia e disse: "Tem sido um dia difícil...". - Olhei pela janela, notei que estava escuro, e me corrigi: "Boa noite depois de um dia difícil".

Foi assim que surgiu o título da música "A Hard Day's Night".

Esta canção foi a trilha sonora do musical de mesmo nome, o primeiro estrelado pelos Beatles.

E a última, desta vez, canção da lista de sucessos do ano dos Beatles é "I Feel Fine". A letra foi co-escrita por John Lennon e Paul McCartney. O single tornou-se um sucesso em ambos os lados do Atlântico e foi incluído no repertório permanente da banda.

Agora vamos deixar os Beatles para descansar um pouco. Há mais dois lugares na lista. Uma delas foi "Oh, Pretty Woman" de Roy Orbison, conhecida do filme Pretty Woman com Julia Roberts e Richard Gere.

A canção tem uma história bastante engraçada de criação, ou seja, uma longa viagem de uma só vez. Quando Roy Orbison e seu companheiro Bill Dees estavam tentando pensar em uma nova canção (isto é, apenas tocando o que me vem à cabeça), a esposa de Roy entrou na sala e anunciou que ia às compras. Roy perguntou se ela precisava de dinheiro, e Beale simplesmente se casou: "A mulher bonita nunca precisa de dinheiro. Roy pegou imediatamente a idéia e cantarolou de volta: "Mulher bonita andando pela rua". Quando a esposa de Roy voltou de sua viagem de compras, a canção já estava pronta.

"Pretty woman" tornou-se um sucesso e encabeçou as tabelas em vários países. Durante três semanas foi o número um na lista de sucessos da revista Billboard.

A última canção da lista está envolta em lenda. "A Casa do Sol Nascente". Diz-se que foi escrito por dois Kentuckianos e ambientado com a música de uma balada tradicional inglesa. Desde então, tem sido apresentado por cantores de jazz e rock. Foi arranjado por Dave Van Ronk, depois pelo cantor muito popular dos anos 60, Bob Dylan, e depois dele, The Animals. Foi a versão deles que se tornou mundialmente famosa.

Como qualquer lenda, a canção tem muitas interpretações. O que é a Casa do Sol Nascente? Talvez seja um bordel, talvez uma casa de jogos, talvez uma taverna. A essência da canção é que o narrador arruinou sua vida neste lugar.

Dave Van Ronk lança alguma luz sobre a história desta canção. Originalmente, a balada era cantada por uma mulher. Quando o músico estava em Nova Orleans (o cenário para a história na canção), ele viu uma foto antiga de um prédio com uma imagem do sol nascente sobre a porta da frente. Ele perguntou ao proprietário da foto o que era. Ele respondeu que se tratava de uma prisão feminina.

Seja qual for o significado da canção, ela se tornou um sucesso em 1964 e tem sido copiada por muitos músicos famosos de pop e rock desde então.

Sucessos de vendas e bônus

Além das listas de sucesso em várias publicações musicais, há outro sinal muito certo de popularidade: as vendas.

Enquanto nos EUA o single mais vendido foi "I Want to Hold Your Hand", que se sobrepõe à lista de sucessos, no Reino Unido as vendas foram para outro single de The Beatles - "Can't Buy Me Love". A canção também é apresentada no musical A Hard Day's Evening. A essência da letra é que, apesar da importância da riqueza material, o dinheiro não pode dar a uma pessoa o que realmente importa, "o amor não pode ser comprado".

O Grammy Award for Song of the Year foi para o grande e inimitável Louis Armstrong por "Olá, Dolly! A canção também subiu na tabela da revista Billboard e derrubou "Can't Buy Me Love" do pedestal, do qual já havíamos falado antes. Assim, o 'Satchmo' de 63 anos de idade se tornou o artista mais antigo a alcançar o primeiro lugar nos gráficos da Billboard.

Com esta bela canção, vamos terminar hoje nosso pequeno desfile de sucessos. O 64º ano foi um verdadeiro sucesso, com algumas canções muito interessantes, que ainda hoje são um prazer ouvir.

O que eu diria é um rock 'n' roll chique de José Feliciano que vai animar qualquer um

Músico José Feliciano - discografia do grande violonista, trabalho, prêmios Atualmente os músicos latino-americanos estão alcançando um novo nível: conquistam facilmente o palco mundial e adquirem...

Muddy Waters e Mick Jagger balançam o palco - a melhor colaboração na história do blues

Bluesmen Muddy Waters e Mick Jagger: Biografia, colaboração, desempenho conjunto As colaborações entre os músicos de rock não são um fenômeno novo. Os Beatles e Eric Clapton, Rainha e David.

John Entwistle: o encontro com Pete Townsend, a formação de The Who e uma importância que foi além de ser "apenas um baixista".

Biografia do baixista The Who John Antsville: carreira, discografia, legado São aqueles que tocam o violão de quatro cordas e estão encarregados da seção de ritmos que mais brincam...
Artigos relacionados

A história de uma beleza de voz doce: Hope Sandoval

Tudo sobre a cantora Hope Sandoval: juventude, ascensão de estrelas e sucesso Às vezes os artistas underground não querem se tornar famosos porque as grandes gravadoras os encontram depois de um tempo...

Os Residentes - a banda de rock mais enigmática da história

Tudo sobre os Residentes: história, mística e estilo Há muitos músicos na indústria da música que se tornaram populares por sua originalidade. Estes artistas são geralmente...

Lemmy Kilmister e seus melhores papéis no cinema

Tudo sobre Lemmy Kilmister: sucesso da banda, papéis no cinema, biopia sobre a lenda As estrelas do rock que fizeram da música sua vida e fizeram enormes contribuições para o gênero têm mostrado

A famosa canção de sucesso de Zero, o vídeo musical do qual todos viram

História da canção "I'm Coming, Smoking" de Zero: fatos interessantes, clipe "Song of Unrequited Love for the Motherland" é um álbum de sucessos inquestionáveis, que está entre os icônicos...

Como parte de bandas de rock eram lendas mundiais, mas os "solos" são esquecidos até pelos fãs

Membros de bandas icônicas de rock que tentaram, mas não conseguiram, construir uma carreira solo deslumbrante Histórias de como os músicos conseguiram construir uma carreira solo deslumbrante depois de deixar a banda...

Ela deu à luz uma infância: lembrando a lendária Elena Kamburova

Tudo sobre Elena Kamburova: infância, desenvolvimento da criatividade, fama Nem todo espectador pode apreciar a contribuição do artista para a criatividade, mas há pessoas que entendem...