Autor:
Categoria:

As vendas de discos de vinil (EPs, LPs, SPs) superaram as vendas de CDs (CDs, DVDs) pela primeira vez desde a década de 1980

"Os discos de vinil ganharam uma segunda vida! Isto tem encorajado muitos dos artistas de hoje a voltarem sua atenção para este bom e velho formato ao lançarem seus álbuns...".

O aumento da popularidade no mercado de vinil... Qual é a razão?

Pode parecer estranho, mas realmente é: pela primeira vez desde os anos 80, as vendas de discos de vinil superaram as vendas de CDs! Como isso é possível? A era do vinil, ao que parece, já se foi... Vivemos em um mundo moderno onde coisas como toca-discos elétricos só merecem a atenção de colecionadores (ou estetas que gostariam de decorar suas casas com um item vintage). No entanto, as vendas de vinil estão em alta há mais de uma década! Somente em 2020, cerca de 5 milhões de discos foram vendidos no Reino Unido! E esse número é quase dez por cento superior ao número de cópias vendidas em 2019... E o que está acontecendo nos Estados Unidos? E o que justifica este "boom vinil"? Vamos descobrir!

Como estão as coisas nos EUA e no Reino Unido? Vamos comparar os números...

Um belo disco de vinil...
Um belo disco de vinil...

Parece que os formatos de CD/DVD se tornaram gradualmente obsoletos... O vinil, por outro lado, está ganhando terreno em termos de vendas! E as estatísticas mostram que este não é um fenômeno temporário, mas uma tendência... O vinil está em ascensão em quase todo o mundo!

De acordo com a Indústria Fonográfica Britânica, o crescimento do interesse em gravações de vinil tem sido constante por mais de 10 anos consecutivos! Por exemplo, só em 2020, cerca de 5 milhões de discos foram vendidos! E em 2016 foram pouco mais de 3 milhões... O que posso dizer? O crescimento é óbvio! BPI também comentou que isso não acontece desde o início dos anos 90... Hoje em dia a mídia vinil traz lucro para a indústria muitas vezes mais do que aquela popular em todo o mundo no YouTube! Igualmente interessante é o fato de que o vinil não é o único formato retro para fazer um retorno: cerca de 160.000 cópias de CDs foram vendidas no Reino Unido em 2020! A propósito: este número é o dobro do do ano anterior.

O "boom do vinil" não passou despercebido na América: segundo a RIAA, os discos de vinil superaram as vendas de CD pela primeira vez desde os anos 80... Com base nos dados publicados pela associação, podemos concluir Em 2019, a receita da música foi superior a 11 bilhões de dólares (antes que esse número estivesse em dígitos únicos...) O streaming foi o principal destaque em todos os Estados Unidos, com mais de 60 milhões de ouvintes americanos pagando cerca de 30% a mais pela transmissão de música em 2019 do que no ano anterior... O rádio digital ficou em segundo lugar, com áudio e vídeo sob demanda em terceiro lugar. Os formatos de CD/DVD foram um notável perdedor: suas vendas caíram 12%, mas o vinil subiu quase 20% (suas vendas renderam cerca de meio bilhão de dólares...)

A Alemanha também é digna de menção, pois ali a popularidade da mídia vinil cresceu em até 13,3%! E os CDs continuam sendo procurados também neste país, com um lucro estimado de 30% proveniente de suas vendas...

Qual é o objetivo? Estas estatísticas mostram perfeitamente como a Europa foi gradualmente infectada pelo "boom vinil" americano: hoje o vinil e o streaming estão trazendo enormes lucros para a indústria, enquanto os formatos de CD/DVD estão gradualmente perdendo relevância...

E a Rússia...?

Disco de vinil...
Disco de vinil...

A Rússia não está atrás de outros países: de acordo com o varejista online Wildberries, as vendas de discos de vinil aumentaram significativamente durante o ano passado! A acreditar nesta empresa, a demanda por mesas giratórias aumentou 6 vezes, enquanto as vendas de acessórios (tais como agulhas de reposição, kits de limpeza e similares) aumentaram 80 vezes! Estatísticas como essa (para 2020) são impressionantes, não são? No auge da popularidade em 2020 estão as mesas giratórias de safra que custam até 10 mil rublos. Quanto aos discos propriamente ditos, os amantes da música deram preferência às obras-primas do rock e da pop.

"Os discos de vinil ganharam uma segunda vida! Isto tem encorajado muitos dos artistas de hoje a voltarem sua atenção para este bom e velho formato ao lançarem seus álbuns"... - comenta Framboesas.

Resumindo...

Vinil
Vinil

Em geral, a streaming certamente continua sendo líder na indústria musical! As assinaturas pagas não são menos prolíficas, com um aumento da receita em torno de 15% (72 milhões em apenas seis meses). Os downloads de áudio digital estão lentamente chegando a zero, com a receita baixando 22% no segundo semestre de 2019! E os CDs, que infelizmente não são mais uma surpresa para ninguém... Eles costumavam literalmente vender num piscar de olhos: mais de um bilhão de cópias foram vendidas no ano 2000!

Muitos ouvintes já tiveram a oportunidade de expressar suas opiniões. Apesar do aumento da popularidade, o vinil dificilmente é um produto de massa: nem todos têm um toca-discos elétrico em casa e nem todos podem pagar um... Os fabricantes atraem amantes da música com uma qualidade sonora incrível... Mas será que este é realmente o caso? Sim, claro, o vinil o leva a uma retro-atmosfera, a alguma dimensão alternativa há muito esquecida... E um toca-discos de boa qualidade certamente lhe dará um bom som! Em geral - se você gosta, por que não? Discos de vinil e tudo o que está relacionado com eles - é um prazer para a alma, pelo menos! E são as pequenas coisas como a manutenção do equipamento que não importam para todos.

O que eu diria é um rock 'n' roll chique de José Feliciano que vai animar qualquer um

Músico José Feliciano - discografia do grande violonista, trabalho, prêmios Atualmente os músicos latino-americanos estão alcançando um novo nível: conquistam facilmente o palco mundial e adquirem...

Muddy Waters e Mick Jagger balançam o palco - a melhor colaboração na história do blues

Bluesmen Muddy Waters e Mick Jagger: Biografia, colaboração, desempenho conjunto As colaborações entre os músicos de rock não são um fenômeno novo. Os Beatles e Eric Clapton, Rainha e David.

John Entwistle: o encontro com Pete Townsend, a formação de The Who e uma importância que foi além de ser "apenas um baixista".

Biografia do baixista The Who John Antsville: carreira, discografia, legado São aqueles que tocam o violão de quatro cordas e estão encarregados da seção de ritmos que mais brincam...
Artigos relacionados

A história de uma beleza de voz doce: Hope Sandoval

Tudo sobre a cantora Hope Sandoval: juventude, ascensão de estrelas e sucesso Às vezes os artistas underground não querem se tornar famosos porque as grandes gravadoras os encontram depois de um tempo...

Os Residentes - a banda de rock mais enigmática da história

Tudo sobre os Residentes: história, mística e estilo Há muitos músicos na indústria da música que se tornaram populares por sua originalidade. Estes artistas são geralmente...

Lemmy Kilmister e seus melhores papéis no cinema

Tudo sobre Lemmy Kilmister: sucesso da banda, papéis no cinema, biopia sobre a lenda As estrelas do rock que fizeram da música sua vida e fizeram enormes contribuições para o gênero têm mostrado

A famosa canção de sucesso de Zero, o vídeo musical do qual todos viram

História da canção "I'm Coming, Smoking" de Zero: fatos interessantes, clipe "Song of Unrequited Love for the Motherland" é um álbum de sucessos inquestionáveis, que está entre os icônicos...

Como parte de bandas de rock eram lendas mundiais, mas os "solos" são esquecidos até pelos fãs

Membros de bandas icônicas de rock que tentaram, mas não conseguiram, construir uma carreira solo deslumbrante Histórias de como os músicos conseguiram construir uma carreira solo deslumbrante depois de deixar a banda...

Ela deu à luz uma infância: lembrando a lendária Elena Kamburova

Tudo sobre Elena Kamburova: infância, desenvolvimento da criatividade, fama Nem todo espectador pode apreciar a contribuição do artista para a criatividade, mas há pessoas que entendem...