Autor:
Categoria:

Os Beatles que cantam no telhado: o último show ao vivo da banda

A saída dos Beatles da cena musical é algo invejável: a banda fez um show espetacular no telhado, fez um filme e ganhou um Oscar. Mais de 50 anos depois, um olhar retrospectivo sobre um dos concertos mais estranhos da história.

Por que o último show dos Beatles aconteceu em um telhado: a história do evento e a gravação de Let it Be"

Mais de meio século ido desde um evento marcante na história do rock 'n' roll. Em 30 de janeiro de 1969, aconteceu um concerto incomum dos Quatro de Liverpool. Ninguém sabia na época que no telhado de um arranha-céus de Londres, em 3 Savile Row, The Beatles in mais recente uma vez apresentam-se em frente a uma platéia todos juntos.

A idéia para este show veio da banda espontaneamenteA banda vinha alimentando a idéia de se reunir para um concerto há muito tempo. Os membros da banda vinham nutrindo a idéia de se reunir e dar um show há muito tempo, e a decisão de tocar no teto de sua sede parecia uma ótima opção para os Beatles. Eles começaram a tocar durante AlmoçoAssim, uma imensa multidão logo se reuniu nos telhados e ruas vizinhas. Todos queriam ouvir os Beatles tocar.

1Os Beatles em 1969.
Os Beatles em 1969

Como foi

capa do álbum Let It Be Be
Capa do álbum "Let It Be".

Os músicos têm se preparado presente o novo álbum 'Let It Be'. O documentário sobre a gravação do disco foi para concluir com uma enorme apresentação ao vivo pela banda.

As sequências finais seriam filmadas nos salões do Paládio e Roundhous em Londres, depois no Egito com as pirâmides como pano de fundo, e finalmente no meio das areias do deserto do Saara.

O diretor de cinema Michael Lindsay-Hogg geralmente dormia e via os músicos cantando no palco Antigo romano O anfiteatro e os assentos dos espectadores estão gradualmente se enchendo com um fluxo de pessoas. Ele até "cuidou" de uma estrutura de sobrevivência adequada na Tunísia.

Entretanto, os Beatles, que estavam constantemente brigando por seu relacionamento, tinham pouco tempo para os grandiosos esquemas de Michael. A própria aparência do álbum arrastados. Harrison, por exemplo, deixou de vir aos ensaios ao todo.

Em 22 de janeiro, os Beatles finalmente mudaram-se para seu próprio estúdio da Apple Records, adquirido seis meses antes. Também teve um grande impacto nas ambições de Harrison de moderar um pouco e voltar a um horário de trabalho normal. Foi quando alguém teve a idéia de gravar o concerto final no telhado do estúdio sem demora, enquanto a frágil trégua ainda está um pouco intacta.

Além da multidão lá fora, os músicos no telhado estavam cercados por uma multidão de funcionários e amigos da Apple
Além da multidão lá fora, os músicos no telhado estavam cercados por uma multidão de funcionários e amigos da Apple

Sobre isto Semi-espontâneo O show foi a primeira vez na história da banda que os Beatles não estavam sentados da maneira como os fãs estavam acostumados. Lennon ficou no centro. À sua direita estava Harrison.

Por trás dos teclados deste show estava Billy Preston, anteriormente convidado por George Martin para gravar 'Let It Be'. O produtor tinha grandes esperanças de que a nova cara mitigar O conflito na banda estava ganhando força. Preston se posicionou com seu instrumento entre McCartney e Starr.

Os invernos de Londres podem não parecer invernos polares, mas no dia deste concerto incomum foi frioO telhado não estava protegido contra o vento, e o telhado não estava seguro contra o vento. A esposa de Ringo, Maureen, usava um mackintosh vermelho, e Yoko Ono vestiu Lennon em seu próprio casaco de pele.

John pulou várias vezes para cima e para baixo na fase improvisada, certificando-se de que a estrutura era robusta. Então, verificou-se que os microfones de estúdio ultra-sensíveis tinham muito "ruído" devido às rajadas de vento. Alguém sugeriu colocar algumas roupas de senhora sobre o equipamento. meias-calças. Alan Parsons, o engenheiro de som, foi enviado para a loja. O mesmo que gravaria "Dark Side Of The Moon" para Pink Floyd apenas três anos mais tarde.

Alan Parsons
Alan Parsons

Parsons recordado:

"Quando fui até o balcão e pedi três pares de meias-calças femininas, não importa o tamanho, elas me olharam com muita desconfiança, tentando descobrir se eu parecia mais com um ladrão de banco ou um travesti".

Discurso de iniciado com "Get Back". Depois "Don't Let Me Down", "I've Got a Feeling", "The One After 909". O concerto continuou com o "Dig A Pony" muito recente. Lennon não conseguia se lembrar da letra de cor, então o assistente, ajoelhado de joelhos, segurava um álbum aberto de letras de música na frente de John. Entre as canções, Lennon continuava reclamando que seus dedos eram bastante endurecido.

Ouvintes na parte inferior do telhado
Ouvintes na parte inferior do telhado

E lá embaixo e nos telhados das casas vizinhas reunidas multidão ouvintes. Um engarrafamento de trânsito se formou na rua. Os cinegrafistas que filmaram a multidão mostraram a maior parte da multidão extasiada. Mas também havia aqueles que eram chateado. Isto era especialmente verdadeiro para os motoristas de carros encravados e residentes de prédios vizinhos.

O som era muito alto. A música que agitava as janelas também foi ouvida na delegacia de polícia próxima. Entretanto, a polícia não teve pressa em impedir o evento. O concerto continua 42 minutos. Isto foi apesar dos telefones da estação tocando fora do gancho com os moradores indignados de Savile Row e das ruas vizinhas.

Policiais chegando ao concerto
Policiais chegando ao concerto

Policiais mais não poderia O estúdio estava no meio de uma emergência e estava prestes a enviar uma patrulha para pôr um fim ao "ultraje". Mas dez minutos antes da chegada das patrulhas, o estúdio recebeu uma ligação da estação avisando de uma visita iminente dos "policiais".

Um ato verdadeiramente de cavalheiros. Afinal de contas, muitos dos presentes no telhado do estúdio estavam em posse de substâncias ilegais. Uma das testemunhas do evento foi convocada:

"Tivemos tempo para nos preparar, e durante aqueles dez minutos houve um coral amigável de todos os banheiros do edifício Coro cisternas".

Os Beatles no telhado
Os Beatles no telhado

Quando, depois de negociar com os patrulheiros que chegavam, os músicos começaram a retirar seus violões, a esposa de Ringo Starr aplaudiu. McCartney, já prestes a descer, voltar e dito no microfone:

"Obrigado, Mo."

E Lennon pontuou o desempenho histórico com palavras:

"Quero agradecer a todos em nome do grupo. Espero que tenhamos feito uma boa audição".

Esta declaração irônica foi uma referência ao início da banda, quando os músicos tentaram, sem sucesso, Conquistar críticos em numerosas audições.

Estas palavras também são ouvidas no álbum Let It Be. E acontece que eles fechado um ciclo inteiro na história do rock mundial chamado The Beatles.

Faça-o

Um ano após o concerto fora o filme Let it Be. O documentário conta a história de como The Beatles gravou o álbum com o mesmo nome. O filme consiste em filmagens dos ensaios da banda e filmagens filmadas durante a gravação das canções.

Todos os quatro músicos participaram das filmagens de "Let it Be", apesar da controvérsia da banda em 1969. Também na gravação do álbum e nas filmagens de participou Billy Preston, o mesmo tecladista que tocou com os Beatles no telhado.

No momento do lançamento, o conjunto já havia se partido, portanto nenhum dos Beatles veio à estréia. Apesar disso, o filme foi muito bem sucedido, com fãs da banda muito alto apreciaram o trabalho. Mais tarde, a pintura até homenageado por "Oscar" para a melhor trilha sonora.

Eles cantavam sobre algo que tocava a todos: «Combinação» - o grupo pop mais quente dos anos 90

Tudo sobre a banda Kombinatsiya: história da criação, concertos, contemporâneos Na virada dos anos 80 e 90, muitas coisas estão mudando no palco nativo. As canções austeras e comoventes foram substituídas por...

Mais do que colegas artistas: bandas icônicas que nunca mudaram de linha

Faixas de rock que nunca mudaram sua formação - lista, fotos e nomes, fatos interessantes A história da música conhece um grande número de bandas de rock. Esta forma de fazer música é atualmente...

Parte 2. «A vida na estrada»: o que Brian Johnson fez em sua velhice

Brian Johnson: carreira e fim da carreira, novos projetos Após o fim de sua carreira, os músicos de rock ou se aposentam e dedicam mais tempo a si mesmos, ou tentam buscar novas...
Artigos relacionados

A mesma canção de «Guarda-costas»: o significado vai mais fundo

Tudo sobre a canção "I Will Always Love You": história da criação, performance, sucesso Acontece frequentemente que entre artistas que interpretam a mesma canção, mas em estilos diferentes,...

Valeriy Didyulya saiu sem música

A musa de Valeriy Didiuli: como a família do músico se separou Muitas vezes os casais de celebridades tentam não tornar públicas as discordâncias dentro da família. Mas, mais cedo ou mais tarde, as celebridades precisam...

O que eu diria é um rock 'n' roll chique de José Feliciano que vai animar qualquer um.

Músico José Feliciano - discografia do grande violonista, trabalho, prêmios Atualmente os músicos latino-americanos estão alcançando um novo nível: conquistam facilmente o palco mundial e adquirem...

Muddy Waters e Mick Jagger balançam o palco - a melhor colaboração na história do blues

Bluesmen Muddy Waters e Mick Jagger: Biografia, colaboração, desempenho conjunto As colaborações entre os músicos de rock não são um fenômeno novo. Os Beatles e Eric Clapton, Rainha e David.

A história de uma beleza de voz doce: Hope Sandoval

Tudo sobre a cantora Hope Sandoval: juventude, ascensão de estrelas e sucesso Às vezes os artistas underground não querem se tornar famosos porque as grandes gravadoras os encontram depois de um tempo...

Os Residentes - a banda de rock mais enigmática da história

Tudo sobre os Residentes: história, mística e estilo Há muitos músicos na indústria da música que se tornaram populares por sua originalidade. Estes artistas são geralmente...